Quarta-feira, 6 de Setembro de 2006

Há jardins e Jardim

Este comentário esteve n vezes para ser escrito sendo que n representa o n º de vezes que fico indignado com algum dos disparates que leio ou ouço na comunicação social, vindos do Presidente do Governo Regional da Madeira. Assim sendo podem ver a enorme quantidade de tentativas ou intenções escritas de tais linhas...

Como n ão há paciência que resista, foi agora e a gota de água foi a história de que na Madeira quem decide quem convidar para o protocolo é quem organiza a festa.
Seria, de todo, uma afirmação acertada embora, tal conjectura, fosse rapidamente afastada se relacionarmos com a sua origem. Tal como de Espanha nem bons ventos nem bons casamentos, da Madeira, ou melhor, de Alberto João Jardim, pois a Madeira é uma linda terra cheia de gente que n ão merece tanto disparate, nem bons conselhos nem nada de acertado.
Mas voltando ao protocolo... seria verdade que para uma festa quem sabe do protocolo é quem organiza (dizia o senhor) mas tal facto é aplicável quando a carteira de cada um está em causa. Esquece-se o governante que quem paga as "festas" e as cerimónias oficiais é o Estado e Estado somo todos n ós. Logo quem escolhe os convidados e a importância atribuída a cada um somos n ós através dos nossos legítimos representantes.

Ah... na Madeira também n ão há gays, gente invertida, funesta e ou corrupta como "lá para Lisboa". Pois n ão... Claro a zona franca branqueia tudo até o Padre Frederico, as redes de pedofilia e a exploração infantil. Que mal informados que andamos...

Aliás, na Madeira respira-se um ambiente de pleno desenvolvimento, abertura de espírito, grande educação e formação. Eu é que vi mal quando lá estive, as bandeiras do PSD em cada casa e aumentando de frequência à medida que nos afastávamos do Funchal, as fotos do Alberto João Jardim à entrada das casas que muito amavelmente os residentes nos faziam nossas, o tratamento "saloio" do folclore e dos turistas como se estivéssemos numa reserva natural de algum povo indígena ameaçado de extinção, as ameaças da Igreja às festas pagãs e aos concertos musicais...
São tudo quadros que identifico com os relatos dos anos anteriores a 74 ... Vi mal!

publicado por politicar às 13:52
link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De js a 20 de Novembro de 2006 às 10:04
..o presidente da região autónoma, o caruncho vulgarmente conecido pelo bicho da madeira, tudo tem feito para mudar a frase conhecida: " AMadeira é um Jardim" ... a ideia é que se diga " A Madeira é do Jardim"...
FORÇ'AÍ!
js de http://politicatsf.blogs.sapo.pt


Comentar post

.Blog de opinião política

.pesquisar

 

.Setembro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
28

29
30


.artigos recentes

. Eu queria votar

. Rankings das escolas mais...

. Dança de cadeiras

. A política à escala do mu...

. A Justiça e a Igualdade

. ...

. Miguel Relvas e as cenas ...

. "Carta" ao Primeiro Minis...

. Manifestação nacional de ...

. Verdade e política

.arquivos

. Setembro 2013

. Julho 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Setembro 2012

. Outubro 2011

. Julho 2011

. Maio 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Setembro 2010

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Maio 2009

. Janeiro 2009

. Outubro 2008

. Fevereiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Julho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Novembro 2005

. Outubro 2005

.tags

. todas as tags

.ligações

blogs SAPO

.subscrever feeds